O Templo do Mojito cubano, um pequeno bar em La Habana La Bodeguita del Medio faz 70 anos e segue sendo uma visita essencial para quem quer conhece a cozinha tradicional cubana.

La Bodeguita del Medio abriu suas portas o 26 de abril 1942, por iniciativa do comerciante, Ángel Martínez, como a tenda (bodega, loja de conveniência), estava na metade da rua, e não na esquina da mesma como é mais comum, o nome pegou rápido: “ A Lojiinha do Meio”,

Na década dos 50 foi ponto de encontro de intelectuais e personalidades do mundo inteiro, Agustín Lara, María Felix y Mario Moreno (Cantinflas), el narrador venezolano Miguel Otero Silva, o poeta chileno Pablo Neruda, o cantante norte americano Nat King Cole, são alguns dos que podemos citar,  presidentes como o dominicano Juan Bosh y el chileno Salvador Allende, a ex primera dama francesa Danielle Miterrand e diplomatas fazem parte da lista de visitantes de ums dos 100 restaurantes mais famosos do mundo.

“Mi mojito en La Bodeguita y mi Daiquiri Floridita”, escreveu Ernest Hemingway numa das paredes do restaurante, que tem como característica, grafites de mensagem deixados pelos visitantes e frequentadores.

No cardápio aparecem arroz branco desgranado, frijoles negros “dormidos”, massa de porco fritas, perna de porcoo asada ao molho criolo, picadillo a la habanera, aporreado de tasajo, vaca frita, moros y cristianos, além do tradicional Mojito.

La Bodeguita Del Medio,  é um emblema da cultura cubana, ubicada no coração da Havana Antiga (empedrado 207), é um ponto de desfrute da boa comida e da boa música cubana.

Gostou de este Artigo:
Compartilhe, Espalhe!

Veja, comente, compartilhe!