Video ID not provided: Please check your shortcode.

Cia. Cubana Yoruba Andabo traz o espetáculo “Rumba viva na Havana” ao Brasil

Ganhadores do Grammy Latino em 2001 e com outras duas indicações em 2002 e 2006, apresentam no Brasil o show que já excursionou por Canadá, França, Suiça Londres e Colômbia

A premiada troupe de percussionistas, cantores e dançarinos cubanos Yoruba Andabo, Cia Cubana de Dança Folclórica veio ao Brasil para participar do 2º Congresso Internacional da Cul…tura e Religião Yorubá – O retorno a Terra Mãe – ocorrido em Minas Gerais.

Nascido no cais do Porto de Havana viaja o mundo desde 1985 encantando platéias com o som, o colorido e o gestual extraídos da raiz africana da rumba e de outros ritmos cubanos.

O espetáculo ‘Rumba Viva na Havana’, que a companhia Yoruba Andabo excursiona atualmente já se apresentou, com sucesso, no Canadá, França, Suíça, Londres e Colômbia. São 15 artistas em cena e no repertório, em dois atos, eles apresentam El Congo e o Ciclo Yoruba, Abakuá e o chamado “complexo da rumba”, com seus tradicionais ritmos, especialmente o yambu, o guaguancó e a columbia.

A companhia tem sua gênesis no cais do Porto de Havana, em 1961, quando um grupo de trabalhadores reunia-se em festas e eventos artísticos sindicais. Eles deram origem ao Guaguancó Marítimo Portuário, conjunto que, nos anos 80, iniciou sua atividade profissional com o nome Yoruba Andabo.

A partir daí, o Yoruba Andabo exibiu sua arte em eventos da União de Escritores e Artistas de Cuba, trabalhou com a gravadora cubana Egrem por iniciativa do consagrado compositor e cantor cubano Pablo Milanês e dividiu o palco com a cantora folclórica Merceditas Valdés. Atualmente soma mais de vinte discos gravados, muitos deles premiados nacional e internacionalmente.

Em 1992, o disco “El callejón de los rumberos” levou o premio Juno, equivalente canadense do Grammy norte-americano. Em 2001, a Cia conquistou um Grammy compartilhado. Também coleciona nomeações a prêmios da Academia de Música da Espanha (2006) e ao Grammy Latino (2003 e 2006). Sua arte tem sido apreciada por platéias do Canadá, Estados Unidos, Costa Rica, Panamá, Colômbia, México, Espanha e de Genebra, Paris e Londres.

Apresentações realizadas em São Paulo em 2010

Viva São Paulo: 11 e 12 de Agosto,
Sala Crisantempo: 21 e 22 de Agosto

Veja mais sobre a passagem de Yoruba Andabo por São Paulo. Clique aqui.

Apoio:

Veja, comente, compartilhe!